Salineiro diz que dará “resposta de mudança” e pede melhorias para Guarda Municipal

03 Jan

Mais votado, o vereador falou em combate à corrupção durante posse e pediu que pasta de Segurança não seja alterada

Vereador mais votado em Campo Grande, André Salineiro discursou em nome dos demais, neste domingo (1°), durante a posse no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo. O policial federal afastado destacou que pretende combater a corrupção e foi aplaudido durante seu discurso, quando disse que não fará oposição, mas terá posição para defender o que for melhor para a cidade. Em sessão na Câmara, ele pediu melhorias para a Guarda Municipal.

Depois de empossados, os vereadores seguiram para a Câmara Municipal e votaram a mesa diretora, reelegendo o presidente João Rocha. Em seguida, houve sessão extraordinária em que foi aprovado projeto que trata da organização administrativa do Poder Executivo, proposto pelo prefeito Marquinhos Trad.

Durante a posse, Salineiro disse ter consciência de que toda sociedade está esperando “uma resposta de mudança” no comportamento político. “A resposta que essa legislatura dará é que venham os desafios, que estamos aqui para superá-los. Que venham as dúvidas, pois estamos aqui para, humildemente, corrermos atrás das respostas. Que venham os problemas, que estamos aqui justamente para tentar solucioná-los”.

Ao lembrar que o próprio povo tem o poder de fiscalizar a administração pública, o vereador citou uma importante figura para redemocratização do país com o fim da ditadura militar. “O saudoso e eminente deputado federal Ulysses Guimarães, naquele 5 de outubro 1988, dizia: a vida pública brasileira será também fiscalizada pelos cidadãos. Do presidente da República ao prefeito municipal; do senador ao vereador, a moral é o cerne da pátria. A corrupção é o cupim da República”.

Durante o discurso, o vereador emocionou quem assistia e arrancou aplausos, quando disse que a nova legislatura tem o dever de reverter o desastre em curso e oferecer condições necessárias para fazer a cidade renascer.

O vereador agradeceu a sua equipe de trabalho, família, eleitores e a Deus. “Vocês fizeram acontecer! Obrigado por aceitaram e suportarem essa pressão de termos escolhido essa missão. Vocês são nossa inspiração e fonte de motivo para luta por dias melhores”.

Segurança Pública- Aprovada por unanimidade, a proposta do prefeito prevê dez secretarias municipais e uma secretaria especial, além de oito agências, institutos e fundações; quatro subsecretarias e a Controladoria Geral de Fiscalização e Transparência. Segundo Marquinhos, a reestruturação é para contenção de gastos.

Apesar de entender a necessidade de reduzir gastos e votar favorável ao projeto, Salineiro disse que é contra a mudança da nomenclatura da “Secretaria Municipal de Segurança Pública” para “Secretaria Especial de Segurança Pública e Defesa Social”.

Ele explicou que essa secretaria foi um avanço, com a sua criação em 2004. Com a mudança do projeto acrescentou-se a nomenclatura “Defesa Social”, o que realmente está de acordo com o entendimento do que é segurança pública, que é um setor dentro da defesa social e si, porém não deve ser retirada a nomenclatura de Secretaria Municipal.

“Nós temos que ter o cuidado, porque quando se quer cortar algo, se corta da Segurança e é um setor que não pode mais admitir esse tipo de conduta. Vivemos hoje em uma cidade extremamente violenta. Precisamos dar forças para essa pasta”, reforçou Salineiro.

Ele sugeriu ainda inserir no texto questão do compromisso com armamento e capacitação dos guardas municipais, algo que já é previsto em Lei Federal, mas não está sendo cumprido pelo município há tempos.

Caroline Maldonado

#ENQUETE

O que pode melhorar a Segurança Pública?

GABINETE

ITINERANTE